Casa Ermelinda Freitas lança vinho tinto que estagiou durante cinco anos a 80 metros de profundidade, nas Grutas de Mira de Aire.

«Vinho das Grutas Reserva»

0 409

A Casa Ermelinda Freitas apresentou ontem o seu Vinho das Grutas Reserva, um tinto de 2015 que estagiou durante cinco anos a 80 metros de profundidade, nas Grutas de Mira de Aire, avança o Jornal de Leiria.

Segundo a mesma fonte, “tudo começou num almoço entre amigos, quando o administrador das grutas, Carlos Jorge, propôs a Amílcar Malhó acompanhar a refeição com um Dona Ermelinda Reserva, tinto de 2004, que repousava há vários anos numa garrafeira improvisada nas grutas.

Gerou-se a expectativa pelos 12 anos que o vinho passara na garrafa, mas logo se percebeu “estar perante uma (muito) agradável surpresa”.

O episódio foi relatado a Leonor Freitas e o enólogo da Casa Ermelinda, Jaime Quendera, quis provar e avaliar o vinho, tendo encontrado um tinto que “manteve juventude e adquiriu maior elegância” no tempo em que repousou na gruta.

Em Março de 2017 foram então transportadas para a gruta 12 mil garrafas de um novo vinho da colheita de 2015. A ideia era apresentá-lo em Março de 2020, pela ocasião do centenário da Casa Ermelinda Freitas, mas a pandemia não permitiu.

O Vinho das Grutas Reserva chega agora ao mercado, e será comercializado na loja das Grutas de Mira de Aire, na loja da Casa Ermelinda Freitas e no WineNot?, em Lisboa.

“Este vinho vai com certeza fazer a diferença e esperamos muito vir a contribuir para divulgar as maravilhas de Portugal, como as grutas e a gastronomia”, aponta Leonor Freitas”.

Grutas de Mira Daire
Grutas de Mira Daire

 

 

 

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.