Tomar: “Queremos a fachada da antiga Havaneza de volta”

Grupo de Teatro Fatias de Cá (onde tem a sede) lamenta o impasse das obras de restauro.

0 996
nova
Há mais de 2 anos que a fachada se encontra assim

O Grupo de Teatro Fatias de Cá, com sede em Tomar, já pensa na sua nova produção teatral. Na nota de imprensa que enviou à comunicação social dá conta da situação em que se encontra o restaura da fachada do prédio, onde tem a sede, na Rua Serpa Pinto (Corredoura), em Tomar.

“A sede do Fatias de Cá, em Tomar, tinha uma das fachadas mais bonitas da cidade. Os azulejos da varanda anunciavam a Havaneza que, no início do séc XX, era um restaurante onde se vendiam os afamados charutos de Cuba, os havanos.

E “tinha” porque, com o risco de queda da varanda, foram retirados os painéis de azulejo para reforçar a estrutura da dita. Desentendimentos entre senhorio e restaurador, mantém a fachada assim há 2 ou 3 anos.

 

nl 220124
Escada de acesso à sede do Fatias de Cá

Acresce que o primeiro lance de escadas andava a degradar-se de dia para dia. Foi por isso que se reforçaram as escadas, o que permite um acesso em yellow stair road aos andares de cima, nomeadamente à penthouse do 3º andar que tem sido usada como estúdio de cinema.
É nesta penthouse que andamos a matutar uma atividade, assim a modos, de “pedrada no charco”.

 

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.