Roubaram mais um catalisador de um veículo em Tomar

0 537

Andam a roubar catalisadores em Tomar. Vários proprietários de veículos têm vindo a apresentar queixa junto da PSP pelo furto de catalisadores dos seus veículos durante a noite.

Neste momento, a PSP de Tomar encontra-se junto à clínica dentária «Leila Brandão», onde ocorreu o furto de mais um catalisador de um veículo ali estacionado.

Em Portugal, são roubados 20 catalisadores de automóveis por dia. A GNR deixa algumas pistas para dificultar o trabalho dos criminosos

Segundo o site www.motor24.pt, os catalisadores são produzidos com recurso a metais raros especialmente valiosos como o ródio, o paládio ou a platina, independentemente de se encontrarem praticamente novos ou muito usados, os catalisadores dos automóveis continuam a ser alvo da atenção dos criminosos em Portugal. Os números oficiais revelam que, em média, são furtados 20 catalisadores a carros por dia, uma ameaça que continua a aumentar, acompanhando a escalada de preço destes metais no mercado.

De acordo com a polícia, a maioria dos criminosos utiliza uma serra circular elétrica convencional ou recorre ao corte a quente e não precisam de mais do que 2 ou 3 minutos para conseguirem extrair o catalisador de um automóvel, em plena luz do dia!

A pergunta é: como evitar ou dificultar o trabalho dos ladrões? Nas lojas de acessórios mais especializadas estão à venda as chamadas gaiolas, peças metálicas especialmente concebidas para proteger os catalisadores dos roubos. Não são 100% eficazes, mas ajuda a tornar mais difícil e demorado o trabalho de extração da peça. Neste tipo de crime, o tempo é tudo, pelo que a gaiola pode mesmo ser um trunfo.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.