Almeirim entra para a história do atletismo mundial

Rosa Mota bateu o recorde mundial dos 10 km’s para atletas entre os 65 e 69 anos, com o tempo de 39m54s.

0 721
Widget dentro do artigo  
 
   
Advertisements
Advertisements

A 36ª edição dos 20 Km’s de Almeirim – Rota da Sopa da Pedra, que se realizou no domingo dia 29 de outubro e contou com a participação de 1.400 atletas e caminhantes fica para a história do atletismo mundial.

O facto deve-se à ex-atleta portuguesa campeã olímpica e mundial de maratona, Rosa Mota, que veio a Almeirim bater o recorde mundial dos 10 km’s para atletas entre os 65 e 69 anos, com o tempo de 39m54s.

Esta prova voltou a inclui a travessia do rio Tejo através da centenária ponte D. Luís, que liga a cidade de Almeirim à capital de distrito – Santarém, e contou, pela quarta vez, com uma prova de 10 quilómetros, mantendo-se ainda a prova mini, de cinco quilómetros, em percurso urbano.

José Gaspar, da Associação Desportiva de Palmeiros, de Sintra, venceu a prova principal, correu os 20 quilómetros em 01h08m29s, tempo que o deixou satisfeito.

No setor feminino venceu Vera Nunes, da GFD Running, com o tempo de 01h17m35s.

O percurso de 10 quilómetros foi conquistada pelo atleta Ricardo Ceia, do Sporting Clube de Casainhos, com o tempo de 00h34m46s.

Kcénia Bougrova do Run Tejo, conquistou o primeiro lugar da prova feminina  com o tempo de 00h35m57s.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.