«Voar na Beira Baixa» quer consolidar-se como oferta turística

Durante 6 dias cerca de 15 a 20 balões oriundos de vários países irão colorir o céu da Beira Baixa demonstrando que os voos turísticos em balão de ar quente são um contributo para o desenvolvimento turístico da região.

0 219

A Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB) volta a apostar no evento de balões de ar quente que dá a conhecer a natureza, cultura e gastronomia desta região do centro de Portugal.

A segunda edição do evento de balonismo “Voar na Beira Baixa” realiza-se de 25 a 30 de março de 2022 e é realizado no âmbito do projeto “Beira Baixa: 3 Dias 3 Experiências”, cofinanciado pelo Centro 2020, em parceria com a Entidade Regional do Turismo do Centro de Portugal. Este evento conta com a direção técnica da Windpassenger e o apoio da Rádio Renascença.

Durante 6 dias cerca de 15 a 20 balões oriundos de vários países irão colorir o céu da Beira Baixa demonstrando que os voos turísticos em balão de ar quente são um contributo para o desenvolvimento turístico da região. Os balões iniciam o seu percurso em Penamacor e seguem depois para Idanha-a-Nova, Castelo Branco, Vila Velha de Ródão, Proença-a-Nova e Oleiros.

A Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa reforça assim a consolidação de um novo produto turístico, os “voos de balão de ar quente com passageiros” comercializados pela Windpassenger. A realização do evento procura contribuir para posicionar a Beira Baixa, gradualmente, como um dos centros do balonismo português e, por conseguinte, contribuir para a qualificação e valorização turística do potencial endógeno diferenciador da região.

unnamed 1

 

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento
Pode Ser do seu interesse

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.