Castelo de Almourol já pode ser visitado numa sala a três dimensões

0 888
Widget dentro do artigo  
 
   
Advertisements
Advertisements

Vila Nova da Barquinha continua a inovar no setor do turismo, inaugurou uma sala de visita imersiva, a 360°, no Centro Cultural, precisamente no Posto de Turismo, no edifício que já tem o Centro de Interpretação Templário de Almourol, colocou assim à disposição dos turistas – e não só – principalmente para todos aqueles, que por questões de mobilidade, não podem visitar o Castelo de Almourol.

7 64baa3f4cdc7b

E foi perante uma atmosfera Templária que Fernando Freire, presidente da Câmara de Vila Nova de Barquinha, abriu a sessão propriamente dita, referindo que a Rota dos Templários se pretende assumir como um produto turístico, reforçando que está em causa um trabalho de equipa.

Jorge Simões, segundo secretário da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, falou da concretização de um trabalho muito importante, mais ainda para pessoas que não conseguem, por meios próprios, visitar o Castelo de Almourol.

Pedro Machado, presidente da Entidade do Turismo do Centro de Portugal, também marcou presença e destacou o papel relevante de cada um dos municípios da região, reforçando que Vila Nova da Barquinha tem um conjunto de componentes de ativos diferenciadores.

3 64baa3ef87894

Agora, num só espaço, é possível a consulta de obras, bem como a visitação de um centro que se apresenta ao público com uma perspetiva interativa.

Como complemento ao investimento inicial no Centro de Interpretação Templário de Almourol (CITA), o projeto “Rota dos Templários” representa um investimento de cerca de 50.600,00€ elegíveis, co-financiado igualmente pelo Turismo de Portugal em 70%.

A Rota dos Templários terá, em breve, um site e uma app própria e sinalética a condizer.

 

4 64baa3f0d350b

Vila Nova da Barquinha é um dos municípios que assinou o protocolo de colaboração, juntamente com outros municípios e entidades do setor, para a implementação da ‘Rota dos Templários’ em Portugal, uma rede que tem condições para integrar a Rota Templária Europeia. Assinaram o referido protocolo o Turismo de Portugal, a Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal, a Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal, a Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, os municípios de Arronches, Castelo Branco, Ferreira do Zêzere, Mogadouro, Nisa, Pombal, Sabugal, Soure, Tomar, Vila Nova da Barquinha e Vila Velha de Ródão.

Refira-se ainda que Vila Nova da Barquinha está a preparar o futuro Congresso Internacional dos Templários, que vai ter lugar em outubro.

Fotos: Jade Vieira

 

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.