Obras do futuro Pavilhão Multiusos de Almeirim decorrem a bom ritmo

Obra orçada em cerca de 5,5 milhões de euros.

0 747
Widget dentro do artigo  
 
   
Advertisements
Advertisements

A cidade de Almeirim vai ter um Pavilhão Multiusos com a reconversão do antigo edifício do Imóvel de Valências Variadas (IVV), cujas obras decorrem a bom ritmo. O futuro Pavilhão Multiusos destina-se à promoção  de produtos e  a realização de eventos regionais.

335896767 1380387429468009 8573268440843636854 n

Designação do projeto | Reconversão do antigo edifício do IVV para pavilhão multiusos para promoção de produtos e eventos regionais.

Data da aprovação | 07-03-2019
Data de início | 10-11-2017
Data de conclusão |
Custo total elegível | 5.338.736,23 €
Apoio financeiro da União Europeia | 4.537.925,80 €
Apoio financeiro público nacional/regional | 1.199.035,70 €

PavilhaoIVV

 

O objetivo principal desta obra é dotar o edifico de condições de funcionalidade e conforto para as novas funções, bem como o respeito pelo cumprimento da legislação em vigor reconvertendo-o e dando-lhe nova utilização e nova vivência com valências de promoção e utilidade para o concelho e para a região.
Pretende-se principalmente o seguinte:
– Criação de espaços amplos onde se possam realizar variados tipos de eventos tais como eventos de gastronomia, exposições, concertos ou até mesmo outro tipo de espetáculos e reuniões públicas;
– A nível da cave pretende-se aproveitar parte dos depósitos existentes para a criação de instalações sanitárias e eventuais arrumos;
– A nível do piso térreo, os espaços contíguos com os arruamentos circundantes do edifício principal serão praticamente os mesmos agora existentes, sendo utilizados maioritariamente como zonas de receção e circulações de ligação, quer horizontais quer verticais;
– Na zona onde agora existem as naves de depósitos à superfície, será criada uma nova nave que pretende ir buscar a imagem da atual, mantendo uma configuração semelhante à existente com coberturas inclinadas e lanternins com pé-direito total;
– A fachada que liga com o Jardim dos Charquinhos será dotada de uma pala e uma fachada falsa. Esta zona coberta servirá como elo de ligação entre o espaço interior deste edifico e esse jardim, promovendo a possibilidade de realização de eventos com forte ligação entre interior e exterior;
– Neste piso será construída uma sala multiusos de menor dimensão que poderá servir para exposições de menor dimensão;
– Para a finalidade de concertos ou eventos de atividades representativas e conferências, será criado um novo piso, onde ficará um auditório com capacidade para 570 lugares;
– Sendo uma construção de base tradicional, a nova imagem terá materiais tradicionais, dando no entanto, uma imagem contemporânea e o destaque característico deste tipo de edifícios. Será utilizado o tijolo maciço, madeira ou elementos que a ela se assemelhem e paredes rebocadas a branco.

Fonte: CMA

 

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.