Chamusca

Incêndios: Ministro da Administração Interna confirma atribuição de apoios a Ourém

Prejuízos identificados pela autarquia são de quase seis milhões de euros.

0 175

O Ministro da Administração Interna confirmou hoje a atribuição de apoios ao concelho de Ourém para colmatar os prejuízos provocados pelos incêndios de julho e agosto, no entanto, não será decretado “estado de calamidade” para este território, como aconteceu na Serra da Estrela, referiu.

José Luís Carneiro reuniu com o presidente da Câmara de Ourém, com os bombeiros do concelho, com o presidente da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil e da Liga dos Bombeiros, referiu que o concelho cumpre os requisitos impostos pelo quadro de resolução do Governo para a atribuição de “apoios à reconstrução e para salvaguardar e minorar as perdas que a população teve”.

O governante não adiantou montantes, no entanto o total dos prejuízos identificados pela autarquia é de quase seis milhões de euros, dos quais quatro milhões referem-se a uma empresa de produção avícola (ardeu aviário com cerca de 200 mil galinhas).

O relatório elaborado pela autarquia vai agora ser “objeto de apreciação por parte da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro”, depois será apresentado ao Governo, para que o Ministério da Coesão possa dar desenvolvimento ao processo e fixar uma percentagem destinada a Ourém, a partir do total destinado a todos os municípios portugueses afetados pelos incêndios.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.