“Anais Torrejanos (1850-1910)”, de António Mário Lopes dos Santos, apresentado a 14 de Abril

Nestes “Anais”, obra com quase 600 páginas, reúnem-se milhares e milhares de pequenas informações, relativas às aldeias e freguesias.

0 38

É a maior recolha de referências e apontamentos históricos jamais efetuada para um período, não excessivamente longo mas historicamente tão significativo, do passado torrejano, concretamente de um território que englobava ainda as freguesias que em 1914 integraram o concelho de Alcanena em 1914 (Alcanena, Bugalhos, Monsanto, Minde) e parte do território onde, um pouco mais tarde, se formou a freguesia e depois concelho do Entroncamento» – pode ler-se na nota à edição desta publicação, editada pelo município de Torres Novas.

“Anais Torrejanos 1850-1910” é a quinta obra do autor publicada pelo município de Torres Novas.

“Anais Torrejanos 1850-1910” é a quinta obra do autor publicada pelo município de Torres Novas, depois de “Torres Novas nos finais do séc. XIX – subsídios históricos”, “Torres Novas na Primeira República” (duas edições), “O Município de Torres Novas entre a vitória do Liberalismo e a Regeneração” e “O convento do Espírito Santo de Torres Novas (1536-1799)”.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento
Pode Ser do seu interesse

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.