Deputados do PS questionam Governo sobre falta de médicos em Ourém

0 622
Widget dentro do artigo  
 
   
Advertisements
Advertisements

Os cinco deputados do PS eleitos pelo distrito de Santarém – Hugo Costa, Alexandra Leitão, Mara Lagriminha, Manuel Afonso e Francisco Dinis – questionam o Governo sobre a falta de médicos no concelho de Ourém.

“Recebemos informação de que na Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Ourém e na Unidade de Saúde Familiar Auren estão inscritos mais de 32.000 utentes e estimava-se que, em abril, mais de 18.000 estivessem, naquele momento, sem médico de família”, alertaram esta quarta-feira, 19 de julho, numa pergunta dirigida ao Governo.

“Tem o ministério conhecimento da situação descrita da falta de médicos na Unidade de Saúde Familiar Auren? Que medidas estão previstas para responder às necessidades de acesso aos cuidados de saúde primários no concelho de Ourém?”, questionam.

Os deputados adiantam que têm informação sobre pedidos de mobilidade de médicos colocados nessa unidade, o que agrava as dificuldades ao acesso à saúde já sentidas nesse concelho.

Os deputados sublinham que apesar de o concelho de Ourém, de entre todos os concelhos do Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) Médio Tejo, ter tido o maior número de vagas atribuídas para a colocação de médicos de família, nenhuma vaga foi preenchida de modo a manter o regular funcionamento e acesso a cuidados de saúde primários neste concelho.

 

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.