Chamusca

Conhecimentos essenciais para o futuro programador

0 329

Na era da informação e, sobretudo, da tecnologia, a profissão de programador assume-se como uma carreira promissora e estável.

A procura de profissionais que tenham conhecimentos de programação é uma tendência no mercado de trabalho que se prevê que aumente ainda mais no futuro.

O profissional que assume este cargo deve ser dotado de outras competências que o ajudem a destacar-se da concorrência e alcançar melhores resultados. Ter paciência e ser resiliente é essencial.

Um bom programador deve manter-se informado, visto que o mundo da tecnologia sofre mutações e que as tecnologias e a linguagem de programação estão em constante atualização.

Importa também compreender o trabalho exercido em áreas relacionadas com a programação e investir em formas de obter mais conhecimento sobre sistemas universais de tecnologia.

Existe uma série de conhecimentos fundamentais que todo o programador deve ter para ser bem sucedido. Continue a ler para conhecer algumas das áreas em que deve investir no seu futuro como programador.

Hardware e software

É crucial ter noções básicas de hardware e software. Saber utilizar um computador, conhecer o sistema operacional, softwares e hardwares que o compõem. Quanto mais domínio tiver sobre o computador e tudo o que está relacionado com o seu funcionamento, mais fácil será o seu trabalho.

Lógica de Programação

Para aprender a programar tem antes de aprender a linguagem da programação. Para isso, deve-se aprender a lógica da programação. Para criar códigos bem orientados é essencial que domine a lógica.

O pensamento lógico é importante não só para compreender de forma básica os passos da programação como também para prever possíveis problemas e antecipar formas de os resolver.

Linguagens de programação

Apesar de ser necessário ter conhecimento da lógica de programação – programação universal-, existem diversas linguagens de programação no mercado que um programador precisa de conhecer.

Especializar-se numa das linguagens de programação é uma forma de se distinguir da concorrência.

Programação orientada a objetos

É o paradigma de programação mais utilizado no mundo quando se pretende desenvolver um software duradouro, com qualidade superior e baseado nas boas práticas de programação.

Ter conhecimentos na área de programação orientada a objetos garante maior empregabilidade e valorização profissional.

Software versioning

O Software versioning permite acompanhar as alterações de um software através do registo das mudanças realizadas no código ao longo do tempo.

Ter experiência com o Glit, um dos sistemas de controlo de versões mais utilizado, é uma mais-valia para o currículo de qualquer programador

Base de dados

As bases de dados são no fundo um conjunto de dados que estão interligados e organizados de forma a fornecer informação. Fazem parte da criação de qualquer projeto e como tal espera-se que um programador seja capaz de trabalhar com elas.

Para se destacar nesta área pode ser importante estar familiarizado com a Structured Query Language, a linguagem de pesquisa em base de dados mais comum.

Testes de software

Criar testes para códigos que foram criados ou alterados, quer sejam testes de integração, interface ou carga é vital para assegurar a qualidade do mesmo.

Inglês

A língua inglesa é a linguagem universal usada nas discussões e apresentações de novidades da área, isto é, a maioria da boa literatura e informação sobre atualizações está em inglês, e muitas vezes nem existe tradução para português.

Por outro lado, ser fluente em inglês é essencial se desejar alcançar uma carreira internacional.

Visão sistémica

Ajuda a entender, através de uma ótica de maior amplitude sobre o sistema, como é que funciona um determinado sistema e como solucionar os problemas.

Ter a capacidade de ver o sistema como um todo pode ser útil no desenvolvimento de alguns projetos.

Experiência do utilizador e otimização dos mecanismos de busca

Ter algumas noções de User Experience (Ux), User Interface (UI) e Search Engine Optimization (SEO) é importante especialmente para um programador que quer trabalhar com front-end.

Soft skills

Saber comunicar de forma clara, trabalhar em equipa e saber o gerir o tempo são competências essenciais para qualquer trabalhador que pretenda evoluir na carreira.

Ter capacidade de liderança e saber orientar uma equipa são competências que não podem faltar na gestão e desenvolvimento de projetos.

Se quer ser um futuro programador, trace um plano de carreira e comece por apostar nestes conhecimentos referidos.

Para obter uma boa formação pode contar com a Wild Code School, uma escola tecnológica, que oferece programas de formação que se baseiam na elaboração de projetos e no ensino prático, aplicando-se não apenas a iniciantes como também a avançados no tema.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.