Ex-presidente da Câmara do Cartaxo vai ser julgado por suspeita de desvio de dinheiro

Crime de participação económica em negócio.

0 238

O ex-presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Paulo Varanda, vai começar a ser julgado pelo Tribunal de Santarém pelo crime de participação económica em negócio, num processo que tem mais três arguidos envolvidos na celebração de um contrato fraudulento que terá lesado os cofres da autarquia em cerca de 55 mil euros, avança a rederegional.

Os restantes acusados pelo Ministério Público (MP) são Mário Silvestre, ex-comandante dos bombeiros do Cartaxo e na altura presidente do Conselho de Administração da empresa municipal RUMO2020, e dois empresários de Santarém ligados ao marketing e à produção de materiais publicitários, Paulo Carvalho e Ernesto Nobre.

Para saber mais sobre este processo carregue aqui:

https://www.rederegional.com/politica/36334-ex-presidente-da-camara-acusado-de-desviar-dinheiro-de-empresa-municipal

 

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.