Santarém: Mulher apanha sete anos e meio de prisão por esfaquear namorado

O crime ocorreu num apartamento em Santarém, em outubro de 2021

0 199
Widget dentro do artigo  
 
   
Advertisements
Advertisements

Uma mulher que tentou matar o namorado à facada em Santarém, foi condenada a sete anos e seis meses de prisão efetiva por um crime de homicídio qualificado na forma tentada. O crime ocorreu durante uma discussão conjugal em outubro de 2021.

O Tribunal de Santarém deu como provado que Cristiane Oliveira, de 37 anos, teve intenção expressa de matar Bruno Videira, de 28 anos, que escapou à morte, tendo ficado com uma enorme cicatriz no peito.

A relação conjugal entre ambos durou quase dois anos, marcada por ciúmes doentios e possessivos da mulher que tudo tentava fazer com o objetivo de controlar a vida do namorado.

Segundo adianta o CM, a briga fatal começou numa discussão fútil, por causa da vítima ter estado a pintar um estabelecimento de estética de uma amiga de ambos, e terminou numa troca de agressões na casa do casal, na Rua Pedro Santarém.

Segundo o Acórdão, lido ontem terça-feira, 6 de dezembro, ao invés de sair do apartamento, Cristiane Oliveira foi à cozinha pegou numa faca, e regressou ao quarto para esfaquear Bruno, fugindo antes da chegada da PSP e deixando o namorado a esvair-se em sangue.

Após o crime,  a mulher andou a monte e só se entregou voluntariamente às autoridades cerca de um mês depois.

Em tribunal, a arguida argumentou, que tinha agido em legítima defesa para se defender das agressões que estava a sofrer, mas o coletivo de juízes não deu qualquer crédito à sua versão dos factos, como sublinhou a frieza das suas declarações e o facto de não mostrar qualquer arrependimento.
O Tribunal de Santarém aplicou ainda a Cristiane Oliveira a expulsão do país durante 10 anos, após cumprir o tempo de prisão.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.