Tomar viveu um fim-de-semana de grandes emoções

Inauguração do Tabuleiro na Rotunda Alves Redol, exposições e Cortejo dos Rapazes

0 1.559
Widget dentro do artigo  
 
   
Advertisements
Advertisements

A cidade de Tomar esteve ao rubro durante o fim-de-semana com o início da Festa dos Tabuleiros, evento que se realiza de quatro em quatro anos, expoente máximo das tradições de Tomar.

No sábado, passavam poucos minutos das zero horas, teve lugar na Rotunda Alves Redol, o momento de assinalar a colocação de um tabuleiro gigante naquele local, como elemento decorativo e alusivo à cultura tomarense. Para além dos representantes do poder local, da Comissão Central da Festa dos Tabuleiros também o público compareceu em força. Muitas palmas e jogo de luz, deu muita emoção ao momento que marca uma «vida» a esta rotunda. Na base do tabuleiro foram colocados os brasões das freguesias, em homenagem aos seus habitantes que são parte importante na realização da festa.

347255628 10160686084421764 8848144199987690229 n
Foto: Carlos Silva
347418622 6735828759769706 8914170041947646426 n
Foto: Carlos Silva

No sábado, da parte da tarde foi a vez da inauguração de várias exposições, na Casa Manuel Guimarães, na Casa dos Cubos e no Complexo da Levada.

Desenhos inéditos de Mello e Castro e olhares pintados e fotografados sobre a Festa

No domingo, foi o dia D, para os mais pequenos, o Cortejo dos Rapazes colocou nas ruas 1600 crianças das escolas do ensino básico de Tomar, momento que atraiu a Tomar milhares de pessoas, que assistiram ao cortejo desde da Mata dos Sete Montes à Praça da República. Debaixo de um calor insuportável, as crianças deram cor e alegria a este momento, apesar de pequenos incidentes causados pelo calor e algumas críticas ao tempo, que as crianças estiveram que esperar pelo início do cortejo. O início da concentração foi marcado para as 8h30 na Várzea Grande, depois seguiram para a Mata, onde o cortejo saiu por volta das 10 horas da manhã. A idade da crianças varia entre os 3 e 10 anos. Compreende-se que não seja fácil organizar um cortejo com 1600 crianças, mas no futuro tudo indica que este cortejo merecerá uma discussão sobre a forma como decorre. Um dos  pontos que mereceu algumas críticas, foi o tempo que demorou a benção dos tabuleiros pelo pároco de Tomar, sob um sol escaldante. Contudo o balanço é sempre positivo para o público e para a  maioria das famílias das crianças.

357457683 10220953821906182 1245090933316692779 n

65869192 2575458689145302 7339967098749190144 n

Lourdes Antunes
Foto: Lourdes Antunes

357682472 6218733628246350 3519546499192528381 n

 

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.