Detido fugiu do tribunal antes de ser presente ao juiz

Estava à guarda da GNR de Tomar.

0 616
Widget dentro do artigo  
 
   
Advertisements
Advertisements

Um jovem de 21 anos, que estava detido à guarda da GNR de Tomar, fugiu das instalações do Tribunal Judicial de Santarém antes de ser ouvido por um juiz de instrução criminal, na passada quarta-feira, 20 de setembro, avança a rederegional.

Segundo a mesma fonte, o arguido, que tem cadastro criminal, conseguiu regressar ao concelho de Tomar onde foi apanhado novamente pela GNR esta sexta-feira, dia 22, e presente novamente no Tribunal de Santarém.

Segundo o Comando Territorial de Santarém da GNR o indivíduo conseguiu aproveitar-se de uma circunstância que ele próprio criou para iludir a vigilância dos militares que o trouxeram a Santarém e evadir-se do palácio de justiça para parte incerta, tendo estado quase dois dias a monte.

O jovem tinha sido detido na passada segunda-feira pelo crime de furto no interior de veículo, tendo sido apanhado pouco tempo depois ainda na posse de vários objetos furtados. Já foi ouvido em primeiro interrogatório judicial e foi colocado em prisão preventiva.

 

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.