GNR deteve homem pela posse de grande quantidade de armas proibidas

No concelho de Ourém

0 517
Widget dentro do artigo  
 
   
Advertisements
Advertisements

A GNR deteve um homem de 52 anos, residente no concelho de Ourém, pela posse de uma grande quantidade de armas proibidas que usava para criar medo e intimidar quem o confrontasse.

Segundo um comunicado de imprensa do Comando Territorial de Santarém da GNR, esta detenção surgiu na sequência de uma investigação que durou cerca de um mês, conduzida pelo Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Tomar, numa operação que deu cumprimento a nove mandados de busca, um no domicílio do suspeito, um num armazém e sete em veículos.

Os militares apreenderam dez aerossóis de defesa, quatro armas elétricas, um bastão extensível, uma catana, duas espadas, um taco basebol, uma carabina com mira telescópica, uma pistola de alarme, quatro réplicas de arma de fogo, 40 munições e um colete balístico.

Esta ação, segundo a mesma fonte, contou com o reforço do Posto Territorial de Ourém, do Destacamento de Intervenção (DI) de Santarém e do Núcleo de Apoio Técnico (NAT) de Santarém.
O homem foi detido e constituído arguido, tendo os factos sido comunicados ao Tribunal Judicial de Ourém, segundo o mesmo comunicado da GNR.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.