Basket Clube de Tomar (BCT) aposta no crescimento da modalidade e quer ser uma referência na região

0 459
MINIS
MINIS

O Templário – Quais as expectativas do BCT para esta época 2021/22?
Alcino Gonçalves – As expectativas são altas e passa por dar continuidade à nossa evolução dentro dos escalões de formação, com o maior número de equipas possível, para além de conseguir ter equipa na modalidade 3×3 a nível de séniores. No fundo, pretendemos continuar a alargar o número de jogadores federados e começar a formar novos atletas a partir dos 4 anos (babybasquete). Para isso, vamos marcar presença em mais actividades de sensibilização e demonstração nas escolas onde ainda não entrámos e continuar a parceria com o Município e o Agrupamento de Escolas Nuno de Santa Maria onde aumentámos o número de turmas onde leccionamos a modalidade. Continuaremos o nosso vínculo social e solidariedade organizando eventos como foi o Dia Nacional do Minibasquetebol com a presença na nossa cidade de cerca de 200 atletas do distrito, cujas receitas recaíram para o CIRE e para o Banco Alimentar Contra a Fome. Daí, também contamos com maior numero de inscrições nas AEC’s e a vamos colaborar com o CIRE, onde os seus utentes terão aulas de basquetebol adaptado.

Quais são os fatores diferenciadores deste projeto?
Pretendemos abordar a modalidade e a competição de forma sustentada, não pensando exclusivamente no resultado, mas sim preocupados na evolução dos atletas e com a sua formação pessoal, esperando poder deixar-lhes um cunho de responsabilidade social, de solidariedade e de respeito pelas regras e normas que nos regem não apenas no desporto, mas na vida social.

Como surgiu a ideia de criar uma equipa de Basquetebol na cidade de Tomar?
Surgiu da vontade de vários atletas, que estando a competir a nível de desporto escolar, pretendiam experimentar a modalidade na forma de competição federada. Com a vontade deles e dos pais, como fator essencial, foi uma questão de tempo para desenvolvermos este projeto. É uma paixão mútua pelo basquetebol nas diferentes variantes que deixou um legado forte neste últimos anos, que queremos agora aproveitar de forma a fazer crescer a modalidade na cidade, mesmo que com bastante concorrência de outras, já fixadas há muito tempo e que por isso têm maior tradição e mais facilidade de captação.

SERGIO SILVA
SÉRGIO SILVA

Quais os principais objetivos do clube a médio e longo prazo?
Queremos, em geral, que o basquetebol cresça na nossa região, pois quanto maior for o nível competitivo regional, maior terá de ser a nossa capacidade para integrar esse quadro competitivo. Pretendemos em particular que os mais jovens atletas, e principalmente os pais, não vejam este desporto apenas como um “hobby”, ou algo para passar o tempo, ou onde se descarregam frustrações do stress diário, mas que seja encarado como uma forma de vida, tal como se passa em muitos dos países por esse mundo fora, principalmente nos mais desenvolvidos. É que além de ser um excelente desporto, onde se melhora a coordenação motora, a força, a capacidade aeróbica, a capacidade intelectual por sermos obrigados a decidir rápido sobre situações difíceis em situação de pressão psicológica e cansaço físico, é também um desporto de equipa, que pode e deve ser o mote ideal para a transmissão de valores essenciais para a vida: Espírito de equipa, amizade, sacríficio pelo próximo e a luta por um resultado pretendido por um colectivo, entre outros.

SUB18

Quais os principais entraves que encontra à evolução do clube?
O maior entrave é, sem dúvida, a necessidade constante de material de treino, e a nível de instalações desportivas. Apesar do empenho no apoio pelo Município e pelas escolas, não temos os horários ideais que garantam o número de horas de treino necessárias, pois as instalações sendo já escassas, com a situação pandémica, vimos agravar a situação e temos de partilhar com os restantes clubes, mas estamos a tentar dar as melhores condições aos nossos atletas.
Por outro lado, a captação de atletas e a sua fidelização à modalidade e ao clube será o factor preponderante para o nosso crescimento com vista à contínua melhoria da capacidade técnica táctica das nossas equipas.
Apelamos por isso, a todos os pais, para que nos tragam e confiem os filhos, para crescermos com eles, num ambiente de exigência desportiva e disciplinar, mas calmo, assertivo e alegre.
E claro que vamos conseguir formar campeões! Por Tomar e com os Tomarenses. Obrigado!!

SUB14F
SUB14F
Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento
Pode Ser do seu interesse

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.