Chamusca recebe amanhã a prova Especial da Baja Portalegre 500

Chamusca tem três pilotos chamusquenses a participarem na Baja Portalegre 500.

1 343

O concelho da Chamusca tem três pilotos chamusquenses a participarem na Baja Portalegre 500. A prova vai passar na freguesia de Ulme, próximo da zona industrial, onde as pessoas podem assistir em segurança. 425 equipas de 22 nacionalidades vão estar em competição nos 35 anos da Baja Portalegre 500, uma das mais emblemáticas provas de todo terreno da Europa e a única da Taça do Mundo Bajas FIA e Bajas FIM em Portugal.

Baja Portalegre Equipa Gustavo Gaudencio 1
Baja Portalegre Equipa Gustavo Gaudêncio

Um dos troços da Prova Especial da Baja vai passar em Ulme, próximo da zona industrial, onde o público pode assistir à passagem dos veículos em segurança. Esta especial realiza-se amanhã, dia 29, e está previsto que os pilotos passem na zona de Ulme entre as 08H30 e as 12h10 (1º Auto SS3 – km 55 – 08h30; 1ª Moto SS3 – km 185 – 12h10).

A Chamusca está representada pela dupla Luís Rodrigues e Hugo Rodrigues (piloto/copiloto) que vão participar na categoria T8 da Taça Nacional de Todo-o-Terreno; pelo piloto Gustavo Gaudêncio, do Team Bianchi Prata Honda na categoria MTT2 e pelo piloto Luís Miguel Leitão, da Santag Racings Team / JPR Motors na categoria MTT3.

Entre Automóveis, Motos, Quads, SSV, Promoção / Hobby e Mini Baja, a 36ª edição da Baja Portalegre 500 conta este ano com 425 inscritos.

Num ano de seca histórica, as chuvas dos últimos dias poderão devolver alguma lama ao percurso de 473,50 quilómetros cronometrados para os automóveis (num total de 668,27 quilómetros) e de 425 quilómetros cronometrados para as motos, SSV e quads (total de 587,71 quilómetros). A competição começa com o Prólogo na Herdade das Coutadas, na manhã de hoje (sexta-feira), antes de um setor seletivo com 70 quilómetros cronometrados. Amanhã, os automóveis têm mais dois setores seletivos (de 200 quilómetros cada), enquanto as motos, SSV e quads percorrem um setor único, com 335 quilómetros de extensão. O NERPOR continua a ser o centro operacional da prova e da cerimónia de entrega de prémios (20h30).

Este ano, a Baja Portalegre 500 será pontuável para um total de 12 categorias da Taça do Mundo FI

Baja Portalegre Luis Rodrigues Hugo Rodrigues
Baja Portalegre Luís Rodrigues Hugo Rodrigues

A de Bajas e da Taça do Mundo FIM de Bajas, além dos campeonatos nacionais sob a égide da FPAK e da FMP. Nos automóveis, a prova portuguesa será a antepenúltima ronda da Taça do Mundo, onde Yazeed Al-Rajhi tenta destronar o checo Miroslav Zapletal da liderança, com o saudita a levar o número 1 nas portas da Toyota Hilux em Portalegre. O holandês Kees Koolen e o espanhol Fernando Alvarez, ambos com os Can Am da South Racing, também estarão em Portugal para discutir o terceiro lugar na Taça do Mundo, onde estão separados por dois pontos.

A FIA já confirmou a Baja Portalegre 500 no calendário da Taça do Mundo da próxima época, 2023, com a prova do ACP a disputar-se entre 26 e 28 de outubro.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento
1 comentário
  1. 168 Diz

    You’ve madee some good points there. I checked oon thee
    internet for additional information about tthe issue annd
    ound mosat peopole will go along witth your views oon this site.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

google.com, pub-9853338638165848, DIRECT, f08c47fec0942fa0