Morreu Josué Pedro, o homem que protagonizou uma candidatura à Presidência da República

Era do Outeiro Grande e tinha 88 anos.

0 374

Faleceu ontem quinta-feira, dia 27 de outubro, Josué Rodrigues Gonçalves Pedro, tinha 88 anos. Natural de Outeiro Grande, freguesia de Assentiz, concelho de Torres Novas. Era uma figura singular, homem de negócios, foi emigrante e com contactos na Suíça, onde levou por diante um projeto comercial de exportar aguardente de figo, da zona da Torres Novas, que tão bem conhecia. Ligado à comunicação social, empenhava-se na concretização de projetos, no âmbito da informação regional, direcionados aos emigrantes.

Em 2011 candidatou-se às eleições presidenciais, mas a sua candidatura acabou por ser recusada pelo Tribunal Constitucional por não ter conseguido todas as assinaturas necessárias (7500). Apresentou queixa à Comissão Nacional de Eleições por “tratamento jornalístico discriminatório”, acusando os órgãos de comunicação social nacionais de omissão de tratamento da cerimónia de apresentação de candidatura. A queixa acabou por ser julgada improcedente, pelo facto de a candidatura não ter sido admitida pelo Tribunal Constitucional.

Josué Pedro era ainda conhecido pelo seu espírito misterioso, e por vezes contestatário, apresentava-se sempre vestido de preto, de fato e casaco, de trato fácil e educado. Foi em toda a sua vida um peculiar sonhador, que achava que o modo de ver o mundo lhe dava direito a um lugar na história. Tinha seis filhos.

O corpo encontra-se em câmara ardente, na Casa Mortuária do Outeiro Grande, de onde sairá pelas 12 horas de sábado para o crematório do Entroncamento.

À família, O Templário apresenta sentidas condolências.

indice 8

 

 

 

 

 

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.