Adega Cooperativa de Tomar foi vendida para resort turístico

0 2.559

IMG 20221030 164301Os edifícios da antiga Adega Cooperativa de Tomar, situados nas Algarvias, junto ao cruzamento para Juncais, foram vendidos recentemente a um empresário da área da restauração e hotelaria com ligações a Tomar.

O novo proprietário pretende adaptar o conjunto de edifícios, a um novo conceito de turismo, adaptando os vários depósitos a quartos.

Os edifícios que integram o conjunto das instalações são dois prédios urbanos, um com uma área de 10.349 m2 (área coberta de 4.165 m2 e área descoberta 6.184 m2) e outro com área total de 258 m2.

Recorde-se que a Adega Cooperativa de Tomar foi constituída a 22 de junho de 1957, iniciou a atividade em 1965, fechou portas em abril de 2011, tendo sido declarada insolvente em janeiro de 2012. Laborou cerca de meio século e nos períodos de maior atividade (receção das uvas dos associados) chegou a empregar cerca de 50 trabalhadores. Marcou uma época na história vinicultura da região, com marcas de vinho que fizeram jus à história da cidade. Não resistiu à crise económica pós 2008, com elevados encargos financeiros de empréstimos bancários.

Encerrada há mais de 11 anos, o recheio foi vendido em leilão em julho de 2012, mas as instalações levaram mais de uma década para serem vendidas. Passou por várias leiloeiras Onefix e LC Premium, com valores de venda na casa dos 565 mil euros e 525 mil euros e  valores mínimos de oferta na ordem dos 350 mil euros.

Agora o complexo será transformado num complexo turístico, adaptado a um novo conceito, que proporcionará uma experiência diferente a quem queira dormir num espaço que outrora foi um depósito de vinho.

IMG 20221030 164330

IMG 20221030 164310

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

google.com, pub-9853338638165848, DIRECT, f08c47fec0942fa0