Mercado energético: Tarifa social no gás de botija

0 80

De forma a proporcionar igualdade no acesso aos apoios sociais entre os consumidores de gás, o Governo lançou um projeto-piloto onde “desafia” as empresas de gás a implementar a tarifa social no gás de botija.

Este projeto-piloto já conta com a intenção de participação de duas comercializadoras de gás e com sete munícipios entre eles: Torres Novas, Vila Real, Coimbra, Batalha, Alenquer, Figueira da Foz e Portimão.

É esperado ainda que mais empresas e municipios participem neste projeto, já que o objectivo é estender este apoio social em todo o país, e apoiar os consumidores mais vulneráveis a reduzir a conta do gás.

Como posso aderir à tarifa social no gás de botija?

Os critérios que irão determinar os clientes elegíveis serão, à partida, os mesmos que já se usam na tarifa social de eletricidade e gás natural. Haverá um cruzamento de dados entre os rendimentos obtidos pelo agregado familiar e ainda as prestações sociais recebidas pela segurança social.

Ao que tudo indica, o preço por botija de gás rondará os 16 euros por mês. Além disto, e segundo consta, os consumidores elegiveis terão direito a beneficiar de no máximo duas garrafas de gás por mês, ou no caso do agregado familiar ser superior a quatro elementos, o limite ascende a três.

Para mais informações sobre a tarifa social, clique aqui:

https://lojaluz.com/gestoes/tarifa-social

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento
Pode Ser do seu interesse

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.