Investidores da Diáspora já têm encontro marcado para o ano, em Fátima

Será durante o V Encontro

0 161

2C5A1688

O IV Encontro de Investidores da Diáspora teve lugar em Viseu (Pavilhão Multiusos), nos dias 13 e 14 de dezembro. Esta iniciativa foi promovida pela Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, através do Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora, em parceria com a CCDRC e da Comunidade Intermunicipal de Viseu Dão Lafões, com o apoio da Câmara local e do Turismo do Centro de Portugal.

O Encontro reuniu cerca de 400 participantes, incluindo membros do governo, deputados à Assembleia da República, autarcas, responsáveis de entidades públicas, representantes de empresas, de câmaras de comércio e do associativismo das comunidades portuguesas.

Fundamental foi a presença de muitos empresários portugueses e lusodescendentes, provenientes quer da diáspora portuguesa, designadamente de 26 países dos cinco continentes, quer do território nacional, em particular da região de Viseu Dão Lafões.

Na sessão de abertura, o presidente da Câmara Municipal de Viseu salientou a importância destes Encontros enquanto oportunidade de congregar empresários portugueses e lusodescendentes, residentes em dezenas de países, assim como empresários estabelecidos em território nacional, proporcionando-lhes informação, espaço de interação mútua, de conhecimento e troca de experiências, e de promoção de negócios, na perspetiva quer da captação de investimento, quer da internacionalização do território.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva,  reafirmou que a Diáspora portuguesa constitui um poderoso instrumento de afirmação internacional de Portugal e de desenvolvimento do tecido económico e empresarial do país e dos seus territórios, citando alguns exemplos concretos. Face à perceção clara da importância estratégica do empreendedorismo das Comunidades Portuguesas, da sua expressão económica e do seu duplo potencial de captação de investimento no nosso país e de plataforma de apoio à sua internacionalização, trabalhado no Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora, anunciou que se decidiu elaborar um Programa Nacional de Apoio ao Investimento da Diáspora.

 O Programa terá por objetivo valorizar e potenciar este ativo estratégico, através de um enquadramento integrado e multidisciplinar que o apoie e concretize nos territórios.

O Programa ficará sob tutela partilhada do Ministério dos Negócios Estrangeiros, através da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, e do Ministério da Coesão Territorial, através da Secretaria de Estado da Valorização do Interior. Contribuirão outras áreas governativas importantes para o empreendedorismo da diáspora e a sua ligação ao território nacional, como a Economia e Turismo, a Internacionalização, a Inovação e Modernização Administrativa, a Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, as Infraestruturas e Habitação, e a Agricultura, para além das Regiões Autónomas e das relevantes entidades aos níveis nacional, regional e local.

Com todas as tutelas e entidades envolvidas será feito um trabalho de articulação em rede, através da Rede de Apoio ao Investimento da Diáspora.

 

2C5A1482

Fátima vai receber o V Encontro de Investidores da Diáspora, em 2020

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, revelou em entrevista que a quinta edição do Encontro de Investidores da Diáspora terá lugar em Fátima, em 2020.

Os Encontros de Investidores da Diáspora, que se realizam anualmente desde 2016, visam disponibilizar aos empresários portugueses, no estrangeiro, o acesso a informação sobre as políticas públicas de apoio ao investimento existentes em Portugal e facilitar a criação de redes de contacto e de parcerias com os empresários que aqui exercem a sua atividade.

Neste encontro em Viseu pudemos verificar a presença do Secretário executivo da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo – Vítor Pombeiro, juntamente com o vice-presidente  da CM de Ourém, Natálio Reis, que detêm entre outros os pelouros do Turismo e Apoio ao Empresário e acompanhado de outro vereador da CM de Ourém, que receberam a confirmação  sobre o V Encontro de Investidores da Diáspora (em 2020) que terá lugar em Fátima.

Será uma oportunidade para a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo poder mostrar as potencialidades da região, com vista a captar investimento para os diversos concelhos.

AF

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento
Pode Ser do seu interesse

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.