Deputado Hugo Costa alerta para problemas ambientais nos rios Nabão e Tejo

No distrito de Santarém

0 594

No âmbito do debate do Orçamento do Estado 2022, o deputado do PS de Santarém, Hugo Costa,  questionou o Ministro do Ambiente sobre o Rio Nabão, em Tomar, um recurso hídrico com um histórico de problemas de poluição que é urgente resolver e ainda sobre a implementação do projeto “Tejo Limpo”.

“O Rio Nabão está umbilicalmente ligado à cidade de Tomar, que Umberto Eco classificou como umbigo do mundo. Os problemas são conhecidos, antigos e não podem continuar. Tem que existir a capacidade de saber quem polui, como polui e punir”, disse, relembrando que a Assembleia da República aprovou um Projeto de Resolução na anterior legislatura sobre esta matéria e que foram anunciados investimentos de 2 milhões de euros para a reabilitação da zona ribeirinha do Flecheiro e para obras da ETAR de Seiça, principal poluidor do Nabão, de mais de 1,44 milhões mas que “existe a necessidade de encontrar soluções para o financiamento do restante valor”.

O deputado do PS referiu ainda que foi constituída a Entidade Intermunicipal “Tejo Ambiente”, que agrega vários municípios, mas que esta agregação tem um problema fiscal de financiamento para o qual é preciso olhar.

Hugo Costa sublinhou ainda a importância do Programa “Tejo Limpo”, a resiliência do Tejo e a limpeza do Tejo, que é estruturante para a sustentabilidade da região.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.