«Situação de seca requer a tomada de medidas»

Quem o afirma é a Direcção da Organização Regional de Santarém (DORSA) do PCP.

0 444

«A situação de seca meteorológica que Portugal enfrenta desde Novembro é preocupante, antevendo-se já consequências no abastecimento de água para fins diversos, desde logo o destinado ao abastecimento das populações. Esta situação impacta também nas explorações agrícolas.

Começa a colocar-se a necessidade de recurso à rega, com inevitável aumento dos custos de produção, que se soma à subida do preço de outros fatores de produção, como a energia e os combustíveis, no quadro do esmagamento dos preços à produção e redução de rendimentos, e que poderá, indiretamente, refletir-se nos preços para o consumidor final.

Por outro lado, os níveis da água preocupam também pelo impacto que podem vir a ter em atividades maritimo-turísticas de Verão, com efeitos na sustentação da economia local.
Para a DORSA do PCP, sendo certo que não depende de nenhuma entidade que chova, devem ser elaborados planos de contingência de modo a minimizar os impactos, assim como a exigência de apoios que ajudem os produtores agrícolas a enfrentar esta adversidade, que se soma a outras».

Diz a DORSA do PCP em comunicado que tornou público.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento
Pode Ser do seu interesse

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.