Abrantes: IP investe 2,8 ME no reforço da Ponte Ferroviária sobre o Tejo

Reforço e proteção das fundações da Ponte Ferroviária sobre o Tejo, em Abrantes.

0 180

67118029

A Infraestruturas de Portugal (IP) vai investir 2,8 milhões de euros no reforço e proteção das fundações da Ponte Ferroviária sobre o Tejo, da Linha da Beira Baixa, em Abrantes, tendo consignado a empreitada na quarta-feira, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a IP dá conta de que as obras de reforço e proteção das fundações da ponte, localizada no distrito de Santarém, ao quilómetro 2,930 da Linha da Beira Baixa, têm um prazo de execução de 600 dias (20 meses), que começou a ser contado na quarta-feira, 17 de novembro.

A empreitada, que tem como objetivo a “melhoria das condições estruturais” daquela ponte centenária, irá envolver, entre outros, trabalhos ao nível da “reabilitação dos aparelhos de apoio, reparação das alvenarias e cantarias dos pilares e encontros, proteção dos pilares (do P2 a P6), e execução de prismas de enrocamento de proteção contra a erosão, em torno de todos os pilares”.

Para a intervenção no troço que liga Abrantes à Guarda “não será necessário implementar restrições à circulação ferroviária”, refere a IP.

A ponte em causa cruza o rio Tejo no troço entre as estações de Abrantes e Alferrarede, foi construída em 1889 e entrou ao serviço em 1891. Com um comprimento de 428 metros, foi construída em metal, sendo parte da linha ferroviária da Beira Baixa.

A Ponte do Tejo na Linha da Beira Baixa foi objeto de uma intervenção de reforço em 1988, de modo a permitir a introdução de eletrificação na via.

O concurso público para adjudicação da obra foi publicado em 22 de janeiro de 2021 em Diário da República, com um preço base de 3,5 milhões de euros.

Lusa

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento
Pode Ser do seu interesse

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.