Chamusca

Culto em igrejas não católicas multiplica-se em Leiria

0 271

Nos últimos anos, em Leira, aumentou o número de grupos religiosos não católicos. A maior parte das novas congregações, algumas mais antigas, outras mais recentes, são protestantes e evangélicas e têm crescido à boleia da imigração do Brasil para Portugal. Além do culto, geralmente mais alegre e vivido, dinamizam apoio social a famílias carenciadas e ajudam quem chega ao país, avança o Jornal de Leiria.

Assembleias de Deus, adventistas, baptistas, greco-católicos ucranianos, mórmons, muçulmanos ou hindus, entre outros, estão radicados no concelho. O movimento evangélico está na origem da maioria das congregações que se estabeleceram em Leiria nos últimos anos.

Segundo a Comissão da Liberdade Religiosa, em Outubro do ano passado já existiam 94 comunidades religiosas não católicas radicadas em Portugal – e na lista de atestados de radicação encontram-se a Igreja Evangélica Baptista de Leiria (com mais de 100 anos) e a Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Leiria.

O registo junto do Instituto dos Registos e do Notariado (IRN) para atribuição de número de contribuinte chegava quase a 900 grupos religiosos em todo o País, em meados de 2019 – a ausência de resposta ao pedido enviado há dias pelo www.jornaldeleiria.pt não permite saber quantos têm sede no concelho de Leiria. O que é certo é que têm vindo a aumentar, nos últimos anos, com destaque para os evangélicos, que facilmente se instalam em lojas, armazéns ou garagens e beneficiam do crescimento da imigração proveniente do Brasil.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.