CHMT esclarece funcionamento das urgências nos hospitais de Abrantes, Tomar e Torres Novas

0 698
Widget dentro do artigo  
 
   
Advertisements
Advertisements

Segundo informação do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) enviada à nossa redação, “vai ter a necessidade de, nos próximos três dias, adequar a sua capacidade de resposta em rede nos três Serviços de Urgência das unidades Hospitalares de Abrantes, Tomar e Torres Novas

Esta situação é excecional e motivada pelo pico de procura assistencial provocado pelo surto de Gripe A na área do Médio Tejo, que afeta a população e, também, um grande número de profissionais de saúde.

Devido a esta razão vai ser necessário concentrar recursos das Urgências Básicas de Tomar e Torres Novas no Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica da Unidade Hospitalar de Abrantes (SUMC), com o objetivo de prestar uma melhor e mais segura assistência de cuidados médicos e de saúde à população.

Desta forma, o Serviço de Urgência Básica de Tomar vai estar encerrado das 18h00 de 30 de Dezembro (sábado) às 08h00 de 1 de janeiro (segunda-feira). O Serviço de Urgência Básica de Torres Novas estará encerrado das 06h de 31 de dezembro (domingo), às 08h de 1 de janeiro (segunda-feira). Durante este período os Serviços de Urgência do CHMT vão operar em rede, no que diz respeito à partilha de recursos humanos, com a concentração de médicos e outros profissionais de saúde no SUMC de Abrantes, no intuito de preservar os cuidados médicos diferenciados no CHMT aos seus utentes.

Perante a forte afluência de utentes esperada, serão ativadas pelo CHMT as instalações da antiga Consulta Externa na Unidade de Abrantes, para expandir a capacidade de receção dos doentes em total segurança, com maior distanciamento social e separando os doentes com menor gravidade daqueles que necessitam de assistência e cuidados médicos emergentes.

A resposta em rede das três urgências do CHMT será avaliada perante o evoluir da atividade viral na região do Médio Tejo e face aos picos de procura assistencial pela população, pelo que poderá existir a necessidade, nas primeiras semanas de janeiro, de reorganizar pontualmente os serviços das três unidades hospitalares.

Face à gravidade dos utentes com doença respiratória grave admitidos no SUMC de Abrantes durante a última semana, uma dezena dos quais admitidos em Unidade de Cuidados Intensivos, o CHMT exorta toda a população a apenas se dirigir ao Serviço de Urgência após contacto e referenciação da linha de Saúde SNS24 – 808242424.

Neste momento, mais de 60 por cento dos atendimentos da SUMC são triados como “não urgentes” – pulseiras “verdes”/ “azuis”. Nos Serviços de Urgência Básica de Tomar e Torres Novas, esse valor chega aos 80% dos atendimentos, com quadros de doença ligeira.

O CHMT aconselha ainda a utilização de máscara em espaços fechados e de grandes aglomerações de pessoas e sempre que se desloque a uma Urgência Hospitalar – um dos locais de maior risco de contágio de vírus respiratório.

O CHMT relembra ainda que, ao nível dos cuidados de saúde primários, nos próximos três dias, estará aberto o atendimento do SAC Ferreira Zêzere (das 09h às 17h); do SAC de Mação (das 10h às 19h); e do SAC Ourém (das 09h às 19h), sendo a primeira linha de cuidados para a doença ligeira”.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.