PSD acusa Governo de violar OE2020 por atribuir verba inferior aos Politécnicos da região

Contrariamente ao que tinha sido aprovado pelo Parlamento.

0 264
ip santarem 1
IP Santarém

“Uma violação grave do Orçamento de Estado” é como o PSD apelida este comportamento do Governo que, segundo o Deputado Duarte Marques, prejudica gravemente três Politécnicos da região, Santarém, Tomar e Castelo Branco. Os Politécnicos de Santarém, Tomar e Castelo Branco são os mais prejudicados.

O Governo está a transferir para as instituições de ensino superior não a versão do OE2020 que foi aprovada pela Assembleia da República, mas a sim versão inicial que o Governo apresentou no Parlamento. Recordamos que o PSD apresentou uma alteração ao OE2020, que foi aprovada por todos os partidos à excepção do Partido Socialista, que acrescentava à dotação inicial das instituições, o valor equivalente ao reforço atribuído no final de 2019. Ou seja, tendo até mais encargos e menos receitas previstas em 2020, a alteração feita pela Assembleia da República garantia pelo menos às instituições um valor equivalente ao que foi necessário em 2019 para assegurar o pagamento de salários e despesas de funcionamento.

O Governo ignorou o Orçamento aprovado e de forma irresponsável e ilegal está a executar o orçamento proposto, mas não o Orçamento de Estado para 2020 que foi efetivamente aprovado. Os Deputados do PSD detetaram este incumprimento e enviaram de imediato uma Pergunta Parlamentar ao Governo e em particular ao Ministro da Ciência e Ensino Superior que se encontra abaixo.

Para Duarte Marques, 1º subscritor desta iniciativa, esta atitude do Governo “não faz sentido no Estado de Direito democrático, é uma afronta tanto à Assembleia da República como às próprias instituições. O Governo está a agir por dolo ou por incompetência”.

Segundo informação comunicada pelas instituições do ensino superior, as tranches já transferidas em 2020 para as instituições não fazem referência ao duodécimo relativo à dotação inicial por instituição que consta da versão final do OE2020, aprovado pela Assembleia da República, mas sim à versão inicial apresentada pelo Governo (excerto da Pergunta Parlamentar).

ipcb eficienciaenergetica paineissolares min
IP Castelo Branco

Além desta denúncia feita pelo PSD, os Deputados da Comissão de Educação chamam ainda atenção para o facto de o Governo estar a violar o Contrato de Confiança assinado com as instituições pois não pagou o valor que compensa a perda de receitas resultante da redução das propinas. Num período de grande dificuldade para todos as instituições, com as despesas inerentes à adaptação necessária para cumprir as exigências de proteção resultantes do Covid19, esta redução de financiamento está a provocar o verdadeiro estrangulamento dos Politécnicos com mais necessidades como é o caso de Santarém, Tomar e Castelo Branco. 

 

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento
Pode Ser do seu interesse

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.