Trabalhador da Resitejo morre em acidente de trabalho

A vítima mortal era residente na Chamusca.

0 1.024
277173291 4968557426516001 5662239509597813803 n
Luís Garrido tinha 39 anos

Um trabalhador da Resitejo, Luís Garrido, de 39 anos, morreu manhã de hoje,  dia 11 de Abril, na sequência de um acidente de trabalho nas oficinas da Resitejo, no Eco-Parque do Relvão, no concelho da Chamusca.

O alerta para o incidente foi dado pelas 8h50, tendo estado no local oito operacionais dos Bombeiros Voluntários da Chamusca, VMER do hospital de Santarém e SIV de Torres Novas, apoiados por três viaturas.

O mecânico estaria a proceder a uma reparação de uma viatura pesada, quando o sistema pneumático da viatura rebentou e lhe provocou lesões graves que se vieram a revelar fatais.

À chegada dos meios de socorro a vítima encontrava-se em paragem cardiorespiratória e apesar das manobras realizadas no local, o óbito acabou por ser confirmado no local.

A GNR tomou conta da ocorrência e a Autoridade para as Condições do Trabalho deslocou-se ao local para averiguar as causas do acidente.

Devido ao acidente, a empresa decidiu suspender os seus serviços durante o dia de hoje.

A Resitejo é uma associação de gestão e tratamento dos lixos do Médio Tejo, com sede na Chamusca, recebe os lixos dods 13 concelhos que integram a região do Médio Tejo.

 

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.