PSP faz balanço da criminalidade no distrito. Saiba quais os crimes que aumentaram e os que diminuíram

Em 2022, na área de responsabilidade da PSP de Santarém, a criminalidade geral diminuiu de 4,5% face a 2019, último ano pré-pandemia.

0 863
Widget dentro do artigo  
 
   
Advertisements
Advertisements

Segundo o Comando Distrital da PSP, em 2022, na área de responsabilidade da PSP de Santarém, a criminalidade geral diminuiu de 4,5% face a 2019, último ano pré-pandemia. 

No que diz respeito à criminalidade violenta ou grave, a diminuição é ainda mais significativa, tendo havido um decréscimo de cerca de 19% face ao período homólogo de 2019.

Os crimes praticados contra pessoas diminuíram 7%, sendo de destacar a redução em 20% do crime de violência doméstica. Os crimes de roubo e furto também diminuíram 30% e 11,5%, respetivamente. Por outro lado, o registo de crimes de ameaça e coação aumentou cerca de 27% face a 2019. 

Burlas aumentaram em 70%

Verificou-se também um aumento de 6% do registo de crimes contra o património, nomeadamente o aumento das burlas (em cerca de 70%). Destas, as burlas cometidas através de fraudes bancárias e as burlas informáticas e nas comunicações (cometidas através de plataformas de pagamento à distância) foram o tipo de burlas mais verificadas, o que significa que este tipo de crime é, cada vez mais, cometido através de meios digitais. 

Apesar da redobrada atenção que tem sido dedicada à prevenção e fiscalização rodoviárias, a sinistralidade rodoviária apresenta uma tendência de aumento. Em 2022 foram levadas a cabo 411 operações de fiscalização rodoviária, tendo sido controladas por radar cerca de 92 000 viaturas. 6668 condutores foram submetidos ao teste de alcoolemia.

No mesmo período foram registados 1400 acidentes de viação. Apesar de ter havido um aumento do número de acidentes em comparação com 2019 (+163), verificaram-se menos vítimas. A PSP registou 390 feridos ligeiros (-23) e 25 feridos graves (-3) e não registou nenhuma vítima mortal. 

A PSP de Santarém realizou cerca de 1500 ações de sensibilização que envolveram mais de 34 000 participantes, com especial destaque das 1365 ações efetuadas no âmbito do programa Escola Segura, e das 88 ações de sensibilização realizadas no âmbito do programa Idosos em segurança. Estas ações, efetuadas em estreita colaboração com os estabelecimentos de ensino e as autarquias visaram temas como segurança rodoviária, consumo de substâncias aditivas, violência no namoro, utilização segura da internet, entre outros. 

No âmbito do licenciamento e fiscalização de explosivos, armas e munições foram realizadas 30 ações de fiscalização de armeiros, estabelecimentos comerciais e a particulares detentores de armas de fogo.

No mesmo âmbito, em 2022, foram apreendidas e entregues para destruição mais de 1500 armas de fogo.

De salientar, que a PSP de Santarém tem a seu cargo uma área territorial de cerca de 238,5 km2 que compreende as cidades de Abrantes, Cartaxo, Entroncamento, Ourém, Santarém, Tomar e Torres Novas, onde residem cerca de 117 000 habitantes (Censos 2021), além dos muitos milhares de pessoas que diariamente se deslocam para visitar, trabalhar ou estudar nestas cidades.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) assinala amanhã, dia 17 de maio, o 147.º aniversário do Comando Distrital de Santarém

.

 

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.