Hoje comemora-se em Ourém, o Dia Nacional dos Centros Históricos Portugueses

0 679
Widget dentro do artigo  
 
   
Advertisements
Advertisements
O Dia Nacional dos Centros Históricos Portugueses é oficialmente comemorado hoje, dia 28 de Março, no Paço dos Condes de Ourém.
Coincidindo com o 213.º aniversário natalício de Alexandre Herculano, percursor da defesa do património.
A organização cabe à Câmara Municipal de Ourém e à Associação Portuguesa dos Municípios com Centro Históricos.
JMCN
338016354 898941711376456 4586770176925997371 n

DIA NACIONAL DOS CENTROS HISTÓRICOS PORTUGUESES

“O Dia Nacional dos Centros Históricos Portugueses” que, tendo sido formalmente criado em 28 de Março de 1993, encontrou, desde logo, entusiástico acolhimento na esmagadora maioria das autarquias com centro histórico. A data escolhida para tais celebrações — 28 de Março — está intimamente ligada a uma das figuras da cultura portuguesa que melhor defendeu o património nacional — Alexandre Herculano. Nascido na cidade de Lisboa, em 28 de Março de 1810, o insigne historiador e político jamais deixou de levantar a voz em prol do nosso legado histórico-cultural. Ao instituir o “Dia Nacional dos Centros Históricos Portugueses”, na data do aniversário natalício de Alexandre Herculano, o Governo e a APMCH quiseram homenagear, de forma “perene”, o espírito e a obra do “escritor de bronze que dignificou a língua, do historiador que renovou os métodos para a averiguação do passado e do homem de carácter que modelou um tipo de cidadania que muitos tomam ainda como espelho”. Simultaneamente, visaram criar uma nova oportunidade para a promoção das acções encetadas pelos municípios no que toca à salvaguarda dos seus centros históricos.

O Dia Nacional dos Centros Históricos tornou-se como que  o 10 de Junho  do Património em Portugal. Com efeito, sem prejuízo das iniciativas promovidas em cada município, é, anualmente, designada uma autarquia para centralizar, em termos oficiais, as comemorações de tal acontecimento.

Assim tem sucedido desde a institucionalização do Dia Nacional dos Centros Históricos Portugueses.

Para o efeito, foram escolhidos os municípios de Lisboa (1993), Trancoso (1994), Castelo de Vide (1995), Sintra (1996), Ponte de Lima (1997), Funchal (1998), Macau (1999), Santarém (2000), Lisboa (2001), Lamego (2002), Porto (2003), Lagos (2004), Tavira (2005), Santarém (2006), Coimbra (2007), Lamego (2008), Castro Marim (2009), Santarém (Vale de Lobos) (2010), Almeida (2011), Angra do Heroísmo (2012), Santarém (2013), Lagos (2014), Pedrógão Grande (2015), Alpiarça (2016), Tomar (2017), Machico (2018), Castelo de Vide (2019), Tavira (2020/2021) e Torres Novas (2022).

www.apmch.pt/dia-dos-centros-histricos

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.