Tomar: PSD apresenta proposta para a revitalização do Parque Empresarial

Também conhecida pela Zona Industrial de Tomar

0 315

PET satelite

Os vereadores do PSD de Tomar, José Delgado, Célia Bonet e Luís Ramos apresentaram na última reunião do executivo, no pasado dia 8, uma proposta para ser agendada e discutida em reunião de Câmara, onde propõe várias ações a levar a efeito no Parque Empresarial de Tomar com o objetivo de revitalizar a Zona Industrial de Tomar, como também é conhecida.

A proposta apresenta um breve historial deste parque empresarial, “A Zona Industrial de Tomar, situada na freguesia da Madalena-Beselga, foi criada no início da década de 80 do século passado. Desde 2014 passou a designar-se Parque Empresarial de Tomar (PET) e foi aprovado um novo regulamento. Nesse ano foram anunciadas uma série de medidas para esse espaço, mas nenhuma se concretizou. O mesmo aconteceu em 2016, ano em que a Câmara anunciou a apresentação de uma candidatura a fundos comunitários, em conjunto com outros parceiros, incluindo a REFER, para “expansão e melhoria substancial do Parque Empresarial”, prometendo-se a “valorização da capacidade produtiva do Concelho”. A candidatura de 5 milhões não avançou, nem as melhorias prometidas se concretizaram”.
Dizem ainda os sociais democratas que, “É inegável a importância de revitalizar e valorizar o Parque Empresarial de Tomar, espaço que merece mais atenção do que lhe é dada, dado o seu enorme potencial e a sua excelente localização .Acaba de ser publicado um aviso pelo Programa 2020 que define as regras do concurso para apresentação de candidaturas de operações de acolhimento empresarial.

O objetivo específico é “Reforçar a capacitação empresarial das micro e PME para o desenvolvimento de bens e serviços”, no âmbito do Eixo 2 do PO Centro – “Competitividade e Internacionalização da Economia Regional”, que pretende reforçar as pequenas e médias empresas.
As zonas industriais, os parques empresariais e os centros de negócios têm aqui uma oportunidade de melhorar e potenciar as suas infraestruturas de acolhimento empresarial, prosseguindo o objetivo de capacitar e melhorar as condições de instalação de empresas, bem como potenciar economias de aglomeração e de rede com impacto na competitividade das PME’s”.

Diz o PSD que “o Município de Tomar não pode perder esta oportunidade de financiamento e neste âmbito, propomos que sejam implementadas algumas medidas no Parque Empresarial:

– Que seja instalada sinalética identificadora das empresas, bem como outdoors com uma planta do espaço indicando a localização das empresas.
– Que se estude a possibilidade de criação de áreas de expansão, a Norte e a Sul, onde há terrenos disponíveis.
– Que seja criado um micro-site ou um portal na internet especificamente para o PET com toda a informação sobre os lotes disponíveis, as empresas instaladas, o regulamento, os apoios que o Município pode dar, etc
– Que seja criada um sistema de videovigilância, ou estudar em articulação com as empresas do PET outra forma que garanta mais condições de segurança – Que se proceda à limpeza das ervas e dos detritos espalhados pela área – Que seja criada uma área de serviços de apoio às centenas de pessoas que ali trabalham, às empresas e aos visitantes.
– Que seja reforçada a informação (por exemplo com outdoors junto à A13 e à EN110) a divulgar o parque empresarial de Tomar”.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento
Pode Ser do seu interesse

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.