Município de Abrantes abre arquivo ao mundo com documentos históricos desde do século XII à atualidade

O projeto abr@ntes.digital engloba a transformação digital do Município.

0 629
Widget dentro do artigo  
 
   
Advertisements
Advertisements

No âmbito das comemorações dos 40 anos do Arquivo Municipal de Abrantes, foi no passado dia 13 de março, apresentado publicamente o projeto abr@ntes.digital que tem como principal objetivo integrar as grandes tendências tecnológicas no dia a dia da comunidade de forma a facilitar a vida aos munícipes. 

Sob o lema “Abrantes, um território inteligente, de proximidade, de sustentabilidade e de coesão”, o projeto abr@ntes.digital engloba a transformação digital do Município, iniciada em 2011; a Biblioteca Itinerante, criada 2013; o portal de serviços Abrantes360, cuja primeira versão arrancou em 2015; a Carrinha do Cidadão, que leva os serviços municipais aos cidadãos desde 2019; a transição digital nas juntas de freguesia e a partilha de serviços, projeto que iniciou em 2021; e, mais recentemente, a aplicação móvel Abrantes360 onde os cidadãos conseguem aceder aos serviços do município através do seu telemóvel aos quais agora se vem juntar o Repositório aberto do concelho de Abrantes, apresentado no passado dia 13 de março.

Arquivo Municipal Eduardo Campos Abrantes fevereiro 2023 fotos mediotejonet 33 scaled 1
Foral Manuelino concedido a Abrantes pelo rei D. Manuel I, em 1518. Foto: mediotejo.net

 Na cerimónia, que decorreu nas instalações do Arquivo Municipal Eduardo Campos, em Abrantes, o Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, destacou que “hoje, Abrantes volta a deixar a sua marca, apresentando orgulhosamente o seu repositório municipal, uma infraestrutura tecnológica que garante livre acesso a informação pública relacionada com a história e a memória de Abrantes”, explicando que “o repositório municipal é uma plataforma que disponibiliza digitalmente uma vasta quantidade de documentos e informações históricas, desde o século XII à atualidade, e cujo acesso era apenas feito presencialmente aqui no Arquivo Municipal, tradicionalmente por investigadores e académicos”.

A cerimónia contou com a presença da Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Isabel Ferreira.

Arquivo Municipal livro recuperado1

 

 

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.