Chamusca recebe 1ª Edição do Festival de Sopas Ribatejanas

Romana, Cláudia Pascoal e Pedro Pinhal com a participação especial de Teresa Tapadas e Manuel João Ferreira são os cabeças de cartaz. Hernani Ermida e José Maria Lino são os chefs de destaque.

0 515
Widget dentro do artigo  
 
   
Advertisements
Advertisements

A freguesia de Vale de Cavalos, no concelho da Chamusca, recebe nos dias 24, 25 e 26 de março a 1ª EDIÇÃO DO FESTIVAL DAS SOPAS RIBATEJANAS, numa organização conjunta entre o Município da Chamusca e a Junta de Freguesia de Vale de Cavalos.

Este evento, já há muito tempo desejado pela população valcavalense, por retratar a freguesia, tem como objetivo a divulgação e valorização das sopas ribatejanas e contará com a colaboração de associações, coletividades e agentes económicos.

Ao longo dos três dias do Festival serão servidas 15 variedades de sopas típicas ribatejanas, confecionadas com os produtos endógenos do concelho, dando ainda espaço para outras atividades como espetáculos e concertos de música, workshops, caminhada, expositores locais, artesanato ou folclore.

Destaque para os SHOWCOOKINGS com os conceituados Chefs Hernâni Ermida (sábado, 25 de março) e José Maria Lino (domingo, 26 de março), nos quais o público é convidado a degustar as sopas preparadas pelos Chefs. O primeiro dia do Festival será marcado por um showcooking que contará com a participação especial de Romana (sexta-feira, 24 de março).

A animação musical está garantida com os concertos de Romana (24 de março), Cláudia Pascoal (25 de março) e Pedro Pinhal, num espetáculo que contará com a participação especial dos fadistas Teresa Tapadas e Manuel João Ferreira (26 de março). A música promete continuar pela noite dentro, com o DJ Hugo Luz e o DJ André Gaspar, sexta-feira e sábado, respetivamente.

Considerada o prato mais antigo do mundo, a rainha deste festival costuma ser servida habitualmente ao início das refeições principais. No entanto, para os apreciadores, a sopa pode mesmo ser o prato principal, um destaque que lhe é mais do que justo, dado ao seu elevado valor nutricional.

Na gastronomia portuguesa, a sopa tem um lugar de destaque e assume a sua versatilidade, podendo ser o conforto dos dias mais invernosos, ou o refresco de um dia quente de verão.

A sopa é um convite aos sentidos (através dos seus cheiros, das suas cores e das suas texturas), ao despertar das emoções (nas memórias que contém) e à adoção de uma alimentação saudável (pelas propriedades nutricionais que lhe são conhecidas).

Nesta 1.ª Edição do Festival das Sopas Ribatejanas de Vale de Cavalos, deixe-se surpreender numa viagem pelas histórias, sabores e cores do Ribatejo.

O certame decorre no Largo de Nossa Senhora dos Remédios em Vale de Cavalos. A entrada é livre.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.