Chamusca

O vício nas apostas online – um vício antigo que se adaptou à nova realidade digital

0 189

A indústria dos casinos online cresceu significativamente na última década e hoje conta com uma base abrangente de jogadores portugueses, tal como se verifica em toda a Europa. O número de jogadores registados nos casinos online cresce há vários anos consecutivos, tendo o confinamento durante os tempos mais negros da pandemia potenciado ainda mais a tendência crescente. As publicidades cada vez mais frequentes e os bónus de casino contribuem significativamente para o aumento do número de apostadores.

As apostas online não são necessariamente um ato perigoso, desde que os hábitos de jogo e os gastos estejam sob controlo. Atualmente, existem imensos websites especializados nesta área, como é o caso do casinorei.pt– que têm como missão informar e aconselhar os jogadores sobre as caraterísticas dos casinos online.

O que é o vício das apostas online?

O vício do jogo online é uma condição em que alguém é incapaz de controlar a sua vontade de apostar online que pode levar a graves problemas financeiros e pessoais. Os sintomas do vício do jogo online podem incluir:

  • Passar mais tempo a jogar do que o pretendido
  • Perseguir as perdas apostando cada mais dinheiro
  • Jogar com dinheiro que não se pode dar ao luxo de perder
  • Sentir-se ansioso ou irritável quando está privado de jogar
  • Mentir à família ou aos amigos sobre os seus hábitos de jogo
  • Roubar dinheiro ou gastar dinheiro destinado ao pagamento de contas para apostar
Desenvolvimento do vício em apostas online

Tal como qualquer outro vício, o vício do jogo online pode desenvolver-se ao longo do tempo. Para alguns indivíduos, pode começar de forma inofensiva, como uma forma de divertimento ou para passar o tempo. Porém, para outros os hábitos de jogo podem sair de controlo bem rapidamente.

São vários os fatores que podem contribuir para o desenvolvimento de um vício nas apostas online, sendo os mais comuns:

  • Acessibilidade: com o jogo online, pode apostar a qualquer hora, em qualquer lugar. Não existem fronteiras geográficas no que toca a apostar online. Este acesso 24/7 pode facilitar o desenvolvimento de um vício;
  • Anonimato: ao jogar online, pode jogar de forma anónima. Este facto pode criar a sensação que não existem consequências para as ações do jogador. Por outro lado, pode ser menos embaraçoso pedir ajuda se estiver a debater-se com um vício no jogo online;
  • Fuga: para algumas pessoas, o jogo pode ser uma forma de escapar a problemas ou a fatores de stress na sua vida quotidiana. O jogo pode proporcionar um alívio temporário dos desafios do dia-a-dia;
  • Emoção: a emoção de ganhar pode ser viciante. Perante uma vitória, é libertada dopamina no cérebro, o que pode levar a sentimentos de prazer e excitação. Este processo natural reforça o comportamento, tornando mais provável que volte a apostar online;
  • Meios de comunicação social: com as redes sociais, é fácil partilhar os seus ganhos (e perdas) com amigos e familiares. Esta partilha pública pode criar um sentido de competição e pressão dos pares quando se trata de jogos de azar.
As consequências do vício nas apostas online

No que toca ao vício nas apostas, o jogo online é tão perigoso quanto o jogo tradicional. Os jogadores viciados no jogo online podem facilmente ficar isolados das pessoas e de inúmeros aspetos importantes da sua vida.

Como todos os vícios, o vício do jogo em linha pode levar a uma série de consequências negativas. Estas incluem problemas financeiros, profissionais, de relacionamento e, por fim, problemas de saúde.

Os problemas financeiros são talvez a consequência mais comum e imediata do vício do jogo online. Ao ficar viciados no jogo online, os apostadores podem rapidamente acumular dívidas avultadas. Esta dívida pode ser difícil de pagar, o que pode levar a que os problemas financeiros perdurem no tempo.

Os problemas profissionais são igualmente uma consequência comum do vício do jogo em linha. Os apostadores que viciados em jogos de azar online podem muitas vezes ter dificuldade em concentrar-se no seu trabalho. Consequentemente, podem falhar prazos ou cometer erros que culminem na perda do emprego – que é particularmente dramática caso o vício no jogo já tenha causado problemas financeiros.

Os problemas nos relacionamentos são outra consequência comum do vício no jogo. Jogadores viciados apostas online ficam tão concentrados no jogo que negligenciam as suas relações com a família e amigos. A «ausência» pode levar a discussões, tensão, e mesmo ao afastamento de entes queridos.

Os problemas de saúde são outra consequência perigosa. Os jogadores viciados em apostas online podem desenvolver problemas de saúde como resultado do seu vício. As patologias mais comuns podem incluir distúrbios do sono, ansiedade, depressão e até doenças cardíacas.

Superação do vício nas apostas online

Uma pequena percentagem das vítimas do vício no jogo conseguem superar o problema sem recorrer a ajuda de terceiros. No entanto, a maior parte dos jogadores afetados tem necessidade de pedir ajuda. Existem várias organizações que ajudam as vítimas a ultrapassar o vício no jogo, onde se destacam:

  • Jogadores Anónimos: esta organização oferece apoio e assistência aos que lutam com todos os tipos de vícios do jogo, incluindo o jogo online. Entre os vários programas de recuperação, possuem um programa de 12 passos que pode ajudar os indivíduos a ultrapassar o seu vício e aprender a viver uma vida livre de apostas.
  • GambleAware: esta organização com sede no Reino Unido oferece apoio e assistência aos que lutam contra o vício do jogo, incluindo o vício do jogo online. Oferecem uma série de recursos e serviços, incluindo uma linha de ajuda e opções de tratamento.

Não obstante o impacto severo que o vício no jogo pode ter na vida dos jogadores, existem muitos casos de recuperações com sucesso.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.