Detido presumível autor do fogo ocorrido ontem em Tomar

Incêndio deflagrou junto à localidade de Alviobeira

0 231

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 53 anos, presumível autor do incêndio florestal ocorrido ontem quinta feira próximo de Alviobeira, no concelho de Tomar (Santarém), o qual terá ateado, em três locais, usando chama direta.

Em comunicado, a PJ afirma que elementos do Departamento de Investigação Criminal de Leiria recolheram elementos de prova que determinaram a detenção do suspeito, fora de flagrante delito.

“O detido, um homem de 53 anos de idade, é suspeito de ter ateado três focos de incêndio, com recurso a chama direta, que lavraram numa área densamente povoada com eucaliptos e nas proximidades de áreas urbanas, obrigando à intervenção de diversas corporações de bombeiros e outros meios de combate”, refere a nota.

O arguido vai ser presente às autoridades judiciárias para realização de primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação, acrescenta.

O incêndio, que deflagrou a meio da tarde de ontem numa zona de floresta em Tomar, com alerta às 16:52, foi dado como dominado cinco horas depois, tendo sido combatido por mais de 120 operacionais, 32 viaturas e cinco meios aéreos.

Lusa

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento
Pode Ser do seu interesse

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.