Crédito agrícola

«Guerra» entre leiloeiras adia leilão da fábrica do Prado

O leilão estava marcada para o dia 5 de dezembro, pelas 15 horas.

0 290

Ainda não foi na passada quinta feira, dia 5 de dezembro, que o que resta da Fábrica de Papel do Prado, ficou conhecido. Uma «guerra» entre leiloeiras devido às percentagens que cada uma pode ganhar com o negócio da venda, foi o motivo que levou à impugnação deste leilão junto do tribunal, por uma delas.

Veja aqui a notícia completa:

www.jornaldenegocios.pt/empresas/industria/detalhe/leiloeira

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento
Pode Ser do seu interesse

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.