Crédito Agrícola

Concerto da Banda Sinfónica do Exército no Cine Teatro Paraíso em Tomar

0 134
IMG 4056

 

Na passada quarta feira, dia de 5 de fevereiro, a Banda Sinfónica do Exército deu um concerto, no Cine Teatro de Tomar, inserido nas comemorações do 125.º aniversário do Estabelecimento Prisional Militar de Tomar.
Breve descrição da Banda Sinfónica do Exército
Herdeira das mais antigas tradições musicais do Exército Português, nomeadamente através das suas predecessoras históricas Banda de Infantaria 1 e Banda de Caçadores 5, é instituída em 1988, por despacho de 25 de Março do Chefe do Estado Maior do Exército, General Firmino Miguel – A Banda Sinfónica do Exército. Banda representativa do Exército, compreende instrumentistas de sopro, cordas e percussão com um quantitativo de cerca de 80 elementos, constituindo-se para além da Banda Militar de vários agrupamentos de Câmara, nomeadamente um Quinteto Clássico, um Quarteto de Saxofones e um Quinteto de Metais.
Inserindo as suas actuações no âmbito das actividades culturais, recreativas ou de divulgação do Exército, colabora com as autoridades e organismos civis na realização de concertos musicais. Desde a sua criação apresenta-se regularmente em concertos e festivais de Norte a Sul do país onde obtém assinalável êxito, destacando-se os alcançados nos Teatros da Trindade, S. Luiz, Coliseu dos Recreios, Palácios da Ajuda, Belém, Queluz e Mafra, Biblioteca Nacional, nos Açores no 15.º Festival Militar (1992), na EXPO98, nos Festivais Internacionais de Bandas Militares em Mafra (2001/2/3, onde atuou em conjunto com a banda militar inglesa The Blues and Royals e a Banda do Comando Central da Força Aérea Espanhola), na Casa da Música (Porto), Theatro Circo (Braga), Teatro de Vila Real, CAE Figueira da Foz, Teatro Académico Gil Vicente (Coimbra), CCC Caldas da Rainha, Centro Cultural Olga Cadaval (Sintra), Teatro Garcia de Resende (Évora), T. Pax Júlia (Beja), e muitos outros de Bragança a Faro.
A Banda ao longo dos anos tem feito vários registos fonográficos dos quais se destacam os CDs: Hinos e Marchas militares portuguesas (2002), Música Portuguesa (2004), Maud’Adib (2008), Mars Belorum Dominus (2008) e Swing.pt (2010) com o clarinetista Nuno Silva e o maestro americano Mitchel Fennell, saindo este ano o Música Portuguesa Século XXI com obras galardoadas no Concurso de Composição BSE/INATEL.
Este concurso promovido pela BSE desde 2005 (com a parceria da Fundação INATEL desde 2012) visa o desenvolvimento da escrita para banda sinfónica. É também no seio da BSE que desde 2004 é editada anualmente a revista Eurídice, dedicada à divulgação das suas actividades e às temáticas da música para bandas (cd’s e revistas acessíveis online em http://bibliotecas.defesa.pt/).
Reconhecendo todo o seu valor, por Alvará de 07 de Outubro de 2005, foi atribuída à Banda Sinfónica do Exército pelo Presidente da República, a Medalha de Ouro de Serviços Distintos.
IMG 4051
Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento
Pode Ser do seu interesse

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.