Estado usa património devoluto para colocar 40 casas em arrendamento acessível no Entroncamento

0 500
Widget dentro do artigo  
 
   
Advertisements
Advertisements

A Ministra da Habitação, Marina Gonçalves, visitou obras de reabilitação com financiamento do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) no Bairro da Vila Verde, no Entroncamento, onde serão disponibilizadas 40 habitações a custos acessíveis, com um investimento de 3,6M€.

A empreitada decorre num bairro do Estado que estava devoluto «há largas dezenas de anos», sendo que terá de estar concluído dentro «de um ano e meio», afirmou a ministra. Marina Gonçalves apontou esta obra como um «bom exemplo» daquilo que o Estado está a fazer no arrendamento acessível, utilizando as verbas do PRR.

A Ministra salientou também que «todas as operações previstas no PRR, em concreto no arrendamento acessível, estão calendarizadas» e que estes fundos europeus vieram dar «um limite temporal para a utilização de fundos e uma celeridade na resposta», constituindo «uma grande oportunidade para investir e garantir que o património é reabilitado e colocado ao serviço da população».

A obra resulta de uma intervenção direta do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU), que será o senhorio e irá arrendar as moradias depois de um concurso, no âmbito do arrendamento acessível, que será aberto para famílias de rendimentos intermédios, especificou.

«Aqui [está] um bom exemplo do que é pegar no património devoluto do Estado, património público que estava sem qualquer tipo de utilização, reabilitá-lo e conseguir colocá-lo ao serviço da população», afirmou.

Marina Gonçalves disse ainda que «felizmente hoje estamos a andar no sentido de reforçar o novo parque público e a dar condições de habitação a preços compatíveis com os rendimentos das pessoas».

https://www.portugal.gov.pt/pt/gc23/comunicacao/noticia?i=estado-usa-patrimonio-devoluto-para-colocar-40-casas-em-arrendamento-acessivel-no-entroncamento

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.