Torres Novas: Chancelaria, farta de esperar, exige médico de família

0 674

Os habitantes da freguesia de Chancelaria, estão médico de família há seis meses, sentem-se injustiçados e exigem ações rápidas, dos órgãos autárquicos, que ajudem a resolver o problema.

Cerca de seis dezenas de pessoas acorreram ontem, quarta-feira, à sessão ordinária da Assembleia de Freguesia e fizeram ouvir a sua voz, tendo decidido deslocar-se, hoje, quinta-feira, à sessão da Assembleia Municipal de Torres Novas para darem conta do seu descontentamento, avança o torrejano.pt

Recorde-se que, na sequência de incidentes que envolveram a médica Sandra Maturino e alguns utentes, e com a recusa desta em continuar ao serviço do ACES naquele posto de saúde, a freguesia está há cerca de seis meses sem médico de família, tendo os habitantes de recorrer ao recurso do centro de saúde de Torres Novas, onde dizem ser sempre mal recebidos, a juntar às dificuldades de marcação de consultas e de obtenção de receituário, dificuldades essas que se estendem ao lar de idosos da freguesia, que também deixou de ter médico, função que também era desempenhada pela referida médica.

Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.