Chamusca

CHMT regista 1.100 internamentos de doentes com Covid-19 nos primeiros sete meses de 2022

Abrantes, Tomar e Torres Novas são os concelhos de residência de mais de metade dos doentes COVID internados no CHMT, 558 no total dos sete meses.

0 408
Nos primeiros sete meses de 2022 (1 de janeiro a 31 de julho), O CHMT registou o internamento nas enfermarias COVID-19 do CHMT – Centro Hospitalar do Médio Tejo um total de 1100 doentes. Destes, 73 (ou 6,9%) passaram pela unidade de cuidados intensivos do CHMT.
As novas variantes do vírus provocaram doença mais ligeira, no entanto, é muito expressivo o acumulado total de casos. A título de comparação, estes 1100 internamentos por doença provocada pela COVID-19, registados nos sete primeiros meses do ano, confrontam-se com 1733 internamentos COVID nos primeiros dois anos de pandemia (24 meses, de março de 2020 a março de 2022).
A nível de género há uma quase paridade de casos entre sexo masculino, 577 casos, e sexo feminino, 523 casos, no acumulado de 2022. Há apenas um total de 144 casos COVID submetidos a internamento no CHMT nas faixas etárias abaixo dos 60 anos.
Em sete meses registaram-se 246 mortes de doentes infetados com COVID-19
Há a lamentar, neste período de sete meses, 246 mortes de doentes infetados com COVID-19. A mortalidade dos doentes internados no CHMT foi mais expressiva na faixa etária dos 80-89 anos, com 105 óbitos. Todavia, é também nessa mesma faixa etária que foi mais expressiva a taxa de recuperação/alta (268 doentes recuperados, no total dos sete meses nesta faixa etária).
Fonte: CHMT
Todas as quintas-feiras, receba uma seleção das nossas notícias no seu e-mail. Inscreva-se na nossa newsletter, é gratuita!
Pode cancelar a sua subscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.